SERVIÇOS

SERVIÇOS

Assessoria Normativa

Interpretar e enviar às filiadas as Normas editadas (Resoluções, Circulares, Cartas-Circulares) pelo Conselho Monetário Nacional, Banco Central e outros órgãos governamentais

Assessoria Operacional

Proceder e assessorar nas alterações Estatutárias, compreendendo: análise de estatutos das filiadas e orientação para alterações estatutárias dentro das normas vigentes; Acompanhar as Assembléias Gerais: a CECRERS se faz presente nas Assembléias realizadas nas filiadas, para auxiliar na condução e elaboração de toda documentação; Responder às consultas: tem por objetivo sanar as dúvidas, envolvendo a parte operacional, área tributária, contábil, trabalhista, assembleares, Junta Comercial, Bacen e etc.

Assessoria no Relacionamento com os Orgãos Fiscalizadores

1 – BACEN: analisar e enviar os processos das Assembléias Gerais realizadas pelas cooperativas; auxiliar no envio dos documentos eletrônicos exigidos; acompanhar a atualização dos dados no Unicad.
2 – Jucergs : orientar quanto aos procedimentos para arquivamento de livros e ata e/ou estatuto das cooperativas filiadas

Todos os serviços contábeis, desde os registros, fechamento de balanço, demonstrações contábeis e envio  de declarações ao Banco Central são executados pela CECRERS.

AUDITORIAS DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS:

A mesma tem por objetivo  em verificar se as demonstrações contábeis refletem adequadamente a situação patrimonial, financeira e econômica das cooperativas filiadas e/ou conveniadas. São realizadas por empresas capacitadas e contratadas diretamente pela CECRERS;

 

AUDITORIAS INTERNAS:

Auditoria Interna tem por finalidade desenvolver um plano de ação que auxilie a cooperativa  a alcançar seus objetivos adotando uma abordagem sistêmica e disciplinada para a avaliação, melhora da eficácia dos processos de gerenciamento de riscos com o objetivo de adicionar valor e melhorar as operações e resultados das mesmas.  São realizadas visitas semestrais a cooperativa filiada e/ou conveniada e monitoramento indireto para verificar diariamente a situação financeira das cooperativas. Monitoramento dos principais indicadores para subsidiar a gestão das cooperativas em suas decisões estratégicas.

 

AUDITORIAS COOPERATIVA:

A auditoria cooperativa tem o objetivo de avaliar as cooperativas de crédito a respeito de suas Políticas Institucionais,  em relação a suas normas internas, como manuais, regulamentos e códigos conduta, além da segregação de funções e possíveis conflitos de interesse. São realizadas, por empresas credenciadas junto ao BACEN e contratadas diretamente  pela CECRERS

Divulgar o cooperativismo de crédito junto as empresas, conglomerados empresariais, grupos de profissionais ligados a uma mesma atividade e empresários ligados a entidade sindical.
Auxiliar na constituição de cooperativas de credito para que a mesma venha a participar de um sistema financeiro solidário, cujos resultados são distribuídos entre os próprios cooperados.
Elaborar projetos e encaminhar ao Banco Central do Brasil.

Oferecer a centralização dos recursos excedentes nas filiadas, permitindo:
–  Maiores ganhos financeiros (ganhos de escala);
– Propiciar o enquadramento das operações como “ato cooperativo” sem incidência de tributos federais;
– Garantir a liquidez ( dentro dos limites legais) das cooperativas filiadas.

Gestão de Pessoas

Elaboração de folha de pagamento, controle de benefícios, cartão ponto etc.

 

 

Educação e Treinamento

Realização de cursos para capacitar dirigentes, conselheiros e funcionários das cooperativas filiadas.

GESTÃO DE RISCOS

 

Em atendimento as Resoluções do Conselho Monetário Nacional 4.557/2017 e 4.606/2017, o Sistema CECRERS implementou estrutura de gerenciamento de riscos e de capital compatível com a natureza e a complexidade dos seus produtos, serviços, atividades, processos e sistemas.

Para isso, são definidas e aprovadas pelo Conselho de Administração da CECRERS as Políticas que estabelecem as diretrizes e responsabilidades relativas ao gerenciamento de riscos e de capital.

A CECRERS conta com estrutura organizacional para gerenciamento dos riscos e de capital que é responsável por implantar ações para identificar, mensurar, avaliar, monitorar, reportar, e controlar riscos do negócio.

Os principais papéis e responsabilidades sobre o gerenciamento de riscos e de capital da CECRERS, bem como de suas cooperativas filiadas, encontram-se dispostos da seguinte forma:

 

CECRERS

 

Conselho de Administração

É responsável por definir e aprovar as políticas, manuais, metodologias e ferramentas para gerenciamento dos riscos do Sistema CECRERS e supervisionar a sua observância e implementação nas cooperativas filiadas.

 

Diretoria Executiva

É responsável por acompanhar o cumprimento das políticas, manuais, metodologias e ferramentas de medição para gerenciamento dos riscos, tomando ciência e avaliando/adotando melhorias e adequações propostas ou necessárias para o efetivo gerenciamento de riscos no Sistema CECRERS.

 

Diretor de Riscos

É responsável pela aprovação do Relatório de Apetite por Riscos – RAS, coordenar a implementação e manutenção da estrutura de gerenciamento de riscos do Sistema CECRERS, em conformidade com normas do órgão regulador e internas, disponibilizando ferramentas que proporcionem a identificação, a avaliação, o monitoramento e o controle do risco.

 

Comitê de Controles Internos

É responsável por analisar tecnicamente a aderência, na CECRERS e Filiadas, da implantação de melhorias ou adequações nas políticas, manuais, metodologias e ferramentas de medição para gerenciamento dos riscos, bem como recomendar melhorias ou adequações nas políticas, manuais, metodologias e demais ferramentas de gestão de riscos e realizar o acompanhamento dos indicadores de riscos.

 

Auditorias

Contratadas pela CECRERS, em seus trabalhos regulares deverão avaliar e dar seu parecer sobre a adequação das rotinas de detecção e análise realizadas a respeito do gerenciamento de Riscos.

 

COOPERATIVAS FILIADAS

 

Conselho de Administração

É responsável por supervisionar a estrutura de gestão de riscos e sua eficácia, propondo melhorias ou adequações quando necessário.

Diretoria Executiva

É responsável por acompanhar o cumprimento das políticas, manuais, metodologias e ferramentas de medição para gerenciamento dos riscos na filiada, tomando ciência e avaliando/adotando melhorias e adequações propostas ou necessárias para o atendimento dos objetivos da cooperativa filiada.

 

Diretor de Riscos

É responsável por coordenar a implementação e manutenção da estrutura de gerenciamento de riscos na filiada e seu acompanhando

 

Técnico Responsável

É responsável por avaliar a evolução dos indicadores de riscos e a adequação das políticas, manuais, metodologias e ferramentas de medição para gerenciamento de riscos na cooperativa filiada.

 

 

Terceiros

Garantir o controle dos processos referente a serviços relevantes prestados ao sistema CECRERS, garantindo a qualidade e continuidade destes serviços inclusive em eventuais situações que possam comprometer a continuidade das atividades essenciais do Sistema, bem como comprovar a adequada capacitação de seus colaboradores sobre risco operacional.

 

Colaboradores

Realizar as análises dos processos, reportar, sempre que verificada, ao conhecimento do colaborador responsável pela gestão de riscos, possíveis falhas em processos e necessidade de aprimoramento ou criação de novo